Arquivo da tag: trem

regressus ad infinitum

ele já não era mais um vulto de si mesmo e continuava a seguir viagem naquele vagão, mesmo não sabendo para aonde aquele trem seguia, mas ele não estava preocupado com isso, pelo menos não naquele momento. sentado ali, olhando … Continuar lendo

Publicado em amor, paz, pequenos contos afáveis, sentimentos, tempos, Uncategorized | Marcado com , , , | Deixe um comentário

é chegada a hora…

por mais que lhe doa sabe que é preciso ir adiante, ir fundo, até reencontrar o instante em que se perdeu e só assim lhe será permitido seguir em frente. é dolorido andar por entre os escombros e perceber que … Continuar lendo

Publicado em amor, caos, espírito, sentimentos | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário

no último banco de um vagão

estava ali, sentado no último banco de um vagão que me levava para um destino do qual eu desconhecia completamente. não comprei o bilhete de embarque, mas havia embarcado, sabe-se lá deus como, haviam muitas pessoas, completos desconhecidos a circular … Continuar lendo

Publicado em história, limites, pequenos contos afáveis | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário