ad infinitum

ele despertou novamente, depois de alguns dias sem que a vida ali se manifestasse, uma melodia e o estopim de tantos sentimentos [de]compostos, [des]compassados e [des]ritmados. a leitura de uma carta quase tão antiga quanto tudo aquilo que [re]vivia, e que nunca foi enviada ao remetente indicado. então, ele percebeu que o endereçado daquela mensagem era na real o próprio remetente, porque ali estavam palavras a espera de sua leitura para que o re[des]encontro enfim acontecesse com aquele que em algum dia havia imaginado e determinado ser e teve a certeza que já não era mais nada daquilo também… sorriu entre lágrimas que lhe banhavam a face e se encarou sem pudor, e assim foi despertando, deixando aflorar a vida que pulsava por mais espaço, dessa forma sem receio de ser sugado por toda aquela força brutal e sutil. se findava assim os últimos suspiros de seus últimos dias, era mais uma de suas mortes que se aproximava, lhe abraçava e escorria pelo ralo do banheiro.
e já lhe fora dito que essa época era de uma lenta e dolorosa morte, mas tendo a certeza em si que ao findar daqueles dias a ferida aberta seria sangrada até se esvair toda a [desis]exis[tência]inexata e que ao ser sugado por aqueles tempos sombrios, caóticos e incertos tinha a certeza que tudo aquilo já fazia parte de um filme antigo e desfocado.
cobria-se assim com a toalha para encontrar seu próximo afago, para descobrir seu bem querer e entregar-se em plenitude a um novo nascimento.

Anúncios

Sobre janatineo

aprendendo e descobrindo (sempre) a ser...
Esse post foi publicado em caos, noite fria e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s