infinito particular

de um instante súbito o calor reconfortante da sua presença se expandiu na doçura de um olhar, na entrega de um abraço e então ele enfim entendeu que ali habitava o mais belo de todos os sentimentos que carregava consigo e se deu conta que mesmo a via parecendo ser de mão única isto era e é somente dele. então já não se perturbava mais com a insegurança de seus medos e caminhou em direção a ela sabendo que no fundo estava indo em direção a si mesmo e ao seu amor. e aquilo lhe deu tamanha felicidade, lhe preencheu o dia e fincou raízes na terra que se fez fria, dura e inabitável por tanto tempo. sabia que isto jamais poderá ser expresso em palavras a ninguém e a única certeza que tem nesse instante é a sua gratidão por tudo que tinha sido até então, por todas as dores que havia carregado, por todas as amarguras e ausências. pois todas essas não possibilidades lhe permitiram olhar para as novas e presentes possibilidades que se apresentavam a ele neste novo despertar e que por mais desconhecido que seja esse novo ele, segue assim seu caminhar de mãos dadas consigo mesmo, sabendo que já não é mais o mesmo a cada instante e a cada novo dia se expande por dimensões desconhecidas do seu infinito particular…

http://www.youtube.com/watch?v=Ly0JBUwL-5w

Anúncios

Sobre janatineo

aprendendo e descobrindo (sempre) a ser...
Esse post foi publicado em amor, delicado, espírito, felicidade e marcado , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s