disritmia

[o pulsar ainda habita meu peito…]

no descompasso do meu coração busco o teu ritmo junto ao meu. corpos travam, latejam e dançam. nos olhares furtivos nos esbarramos, para então num abraço tentar a entrega.

Anúncios

Sobre janatineo

aprendendo e descobrindo (sempre) a ser...
Esse post foi publicado em amor, paz, sentimentos e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s