aprendizagem

“Eram as únicas mãos que ele conhecia bem, desde que ensinaram Tico a andar, e estavam ligadas em seu espírito a momentos de magia e de bênção.”(Bosi, p.58)
hoje compreendo muita coisa, porque aceito.
aquelas mãos já marcadas pela ação do tempo me conduziram por 15 anos de minha vida, e até o seu último instante eu as toquei…
em boa parte de meu caminho tentei brigar contra a vida, contra a essência que me pertence e que está ligada a tudo aquilo que sou. então eu percebi que sua presença apesar de breve foi essencial e que a intensidade de seu amor fez com que eu conseguisse viver a presença do divino que há em mim, do Deus que encontro nas entranhas da natureza e na leveza de cada um que por mim passa.
acredito que ainda estou dando os primeiros passos, aprendendo por meio dos que me cercam quem sou. sinto um universo a se expandir em meu interior, constantemente, como o big bang.
tenho aprendido e aceitado a conviver com meus anjos e demônios, pois não posso ser completa se não lidar com a treva e a luz que habita meu ser.

Anúncios

Sobre janatineo

aprendendo e descobrindo (sempre) a ser...
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s