ano ímpar


Ano novo chinês 07/02/2008, ano do rato cujo ano é considerado de fartura e abundância.
balanço 2007: o ano do porco
para mim foi um ano de mudanças, tanto física quanto emocional. e aproveitei para fazer uma grande faxina, um grande balanço. apaguei coisas, emails, sentimentos, paixões, vícios, portanto para mim foi um ano ímpar, único mesmo.

saí de uma ilha e me joguei na maior metrópole do país, a terceira do mundo. resolvi encarar de frente a cidade e aos poucos também estou deparando comigo mesma. encarando o que tem de feio e de belo, tanto fora quanto dentro (principalmente dentro), e me livrando aos poucos dos velhos vícios, dos apegos emocionais, tentando não racionalizar tanto e viver mais pelo que sinto, deixar meu corpo me levar, apesar de não ser tão simples, porém é mais simples do que imagino.
no final das contas vi que sou sozinha e sempre vou ser. não enxergo isso como algo ruim, mas é que não devo e não posso depositar minha vida, meus sonhos nos outros, não projetar nada para os outros, porque ninguém vai preencher o vazio que carrego em meu peito, que tenho que assumir as responsabilidades por quem sou, pela minha vida e pela minha própria felicidade.

Anúncios

Sobre janatineo

aprendendo e descobrindo (sempre) a ser...
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s